quarta-feira, 24 de junho de 2009

São João



Quem disse que o São João é só no Porto?
São João Baptista é o santo padroeiro de Alcochete. A ele está dedicada a Igreja Matriz, de raiz manuelina e classificada como Monumento Nacional desde 1910. A ele são dedicadas as festas da vila, no seu dia se comemora o feriado municipal.
Não tendo a grandeza dos festejos da cidade do Porto, é uma festa singela mas cheia de tradições interessantes. Ontem, véspera do dia de São João, fez-se uma enorme fogueira no largo principal da vila, frente à Igreja. Os escuteiros fazem círculo, o Santo sai à rua para abençoar a fogueira. Depois, segue-se a festa popular. Há febras a assarem no largo. Toda a população está na rua. Os miúdos fazem estalar canas nas fogueiras que acenderam em cada rua.



Hoje é dia de procissão. O São João, no seu andor engalanado, é carregado pelos rapazes dos grupos de forcados. Vai da Igreja até ao rio e aí há-de abençoar - por intermédio do padre - os barcos que já estão junto ao cais, enfeitados para a ocasião. O final da festa é marcado pelo fogo-de-artifício, sobre o pontão do cais.
É a celebração do solestício, da luz, do início do Verão. É um pretexto para a partilha e o convívio. É uma afirmação de identidade.



8 comentários:

  1. Viva, Teresa!

    Uma excelente tradição, sem dúvida.

    Terra que não tem santo padroeiro, não é terra nem é nada.

    Muitas vezes vou aí a Alcochete, porém, nunca aconteceu pelo São João. Vou mais pelo São Freeport!... Mas estou a ir menos do que ia, não vá dar-se o caso de o homem estar a receber royalties e, portanto, eu a ajudá-lo a encher os bolsos...

    Abraço do voisin ;-)

    Ruben

    ResponderEliminar
  2. Olá Ruben
    Acho que não há perigo: quem tinha a receber, suponho que já recebeu!
    Mas Alcochete tem muitas coisas bonitas, para além do Freeport.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Que legal ver aqui do Brasil a tradição que foi trazida pra cá viva e forte em Portugal! Aqui, as festas juninas estão ainda muito fortes, principalmente no Brasil sertanejo, arrastando milhares de pessoas às ruas. E que legal ver as coisas daí tbm...

    Há braços
    Paulo

    ResponderEliminar
  4. Olá Paulo
    Não era o Chico Buarque que chamava ao Brasil "um imenso Portugal"?
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Olá, Teresa. Senti uma imensa vergonha qd li o teu comentário sobre as festas de S. João. Pq? Por que, aqui tão perto ou aí mm, nunca saí à rua para partilhar e provar esse convívio genuino e próprio destas gentes q, no fundo, são tb nossos alunos.
    Para a próxima, peço-te q me arrastes por um braço. Bj. Ana

    ResponderEliminar
  6. Está prometido! Não me vou esquecer!
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Teresa,

    Quanto ao comentário que fizeste sobre o meu post sobre a violência doméstica, concordo contigo. Por incrível que pareça há jovens (e não são só as de meios sócio-económico-culturais mais desfavorecidos)que têm atitudes de perfeita anulação perante os companheiros!
    Infelizmente, conheci 2 casos de amigas da minha filha, estudantes universitárias (uma de Medicina e a outra de Engenharia), de famílias perfeitamente estruturadas e "saudáveis" que quase se "afundaram", ligadas a jovens violentos e de mau carácter. Perfeita obsessão!!!
    A minha filha, o meu filho mais velho, outros amigos, quase desesperaram para as trazerem à razão. Sempre falei com eles, tentando ajudá-los a lidar com a situação mas não foi fácil.
    Felizmente, hoje em dia estão bem (isto foi há cerca de 2/3 anos) e com relacionamentos felizes.
    Mas, de facto, há muito a fazer!!!!!!! A cultura machista subjacente subjacente à nossa sociedade patriarcal ainda está muito enraízada, talvez esteja mais camuflada, mas existe, ó se existe. Como mãe de 2 filhos-homens tento fazer a minha parte!!!
    Quanto a este teu post, não fazia ideia que S. João era padroeiro de Alcochete. Sempre a aprender!!! Escreves de uma forma muito leve e agradável que me faz ler e ficar à espera de mais.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Gaby
    Obrigada pelas tuas palavras.
    És sempre bem vinda.
    Bjs

    ResponderEliminar