domingo, 7 de junho de 2009

As Maravilhas Portuguesas no Mundo

Neste dia 7 de Junho comemora-se mais um aniversário do Tratado de Tordesilhas que, no já longínquo ano de 1494, dividia o mundo conhecido mais o que haveria para descobrir, em duas metades: uma para Espanha, outra para Portugal. Na metade portuguesa ficou toda a África, parte do Brasil, uma grande parte da Ásia (até algum ponto, mal definido durante muito tempo!).
A partir daí, a história é mais um menos conhecida. Espalhamo-nos por todos os continentes, procurando aventura e conhecimento, mas principalmente produtos para comerciar. Misturamo-nos com os nativos das diversas regiões, criámos muitas mestiçagens. Também criámos um império que tardou em perceber que o mundo tinha mudado.
Entre as mestiçagens de que fomos protagonistas, quero destacar a mestiçagem cultural, de que o Brasil é, provavelmente, o melhor exemplo. Por todo o lado, deixámos palavras, modos de viver, toponímia, construções, muitas vezes inovadoras nas suas técnicas construtivas e nos materiais utilizados. O resultado está aí: a votação para as 7 Maravilhas Portuguesas no Mundo mostra-nos o que de mais perene os portugueses deixaram em tantos países, do Uruguai ao Irão, através de três continentes diferentes.
O anúncio original dizia, com alguma graça, que, se os portugueses tivessem ido à Lua, não teriam deixado apenas pégadas. Uma breve viagem pelo site da organização desta votação mostra que, independentemente das considerações morais ou éticas que possamos fazer sobre o estabelecimento do império português, temos uma herança a manter, a valorizar, e de que nos devemos orgulhar. Uma forma de o fazer é votar nestes monumentos, quase todos considerados património da Humanidade. Ainda o pode fazer, por pouco tempo, pois os resultados serão divulgados no dia 10 de Junho. Eu já votei. Neste dia de outras votações, apetece-me fazer apelo a este voto.
Não conheço a maioria destas maravilhas, mas tenho pena. Para quem gosta tanto de viajar como eu, talvez seja um bom objectivo para os próximos anos!

1 comentário:

  1. E eu vou contigo.
    É o "Gangue das Bengalinhas" a atacar!
    Bjokas

    Romicas

    ResponderEliminar