quinta-feira, 8 de abril de 2010

Baterias Solares

Já o tenho dito, funciono a baterias solares. Este inverno deixou-me com as baterias em baixo, mas agora recomeço a recarregá-las.
Amo estes dias ensolarados de Primavera. A paisagem ainda não tem aquele ar cansado e sujo do fim do Verão, tudo tem um aspecto jovem, radioso, cheio de vida.
Apetece-me agarrar o verde vivo das árvores, os tapetes de florinhas brancas, amarelas, azuis, roxas, que despontam por todo o lado. Sinto-me capaz de beber o azul puro e límpido do céu. Encho os olhos com os milhentos pontinhos brilhantes que cobrem as águas preguiçosas do mar. Tenho vontade de rodopiar, de braços abertos, enquanto o sol me bate na cara. Só não o faço porque não pareceria nada bem, numa senhora com um aspecto respeitável. Mas a minha alma rodopia, sem ninguém ver.


18 comentários:

  1. Hoje está um lindo dia, até me atrevi a vestir quase de forma primaveril.
    Ainda não fui à rua por isso não sem como está a temperatura que tem estado baixa!
    O sol , o azul do céu, as flores...dão-nos ânimo, é verdade!

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Eu também sinto isso. É estranho, não ,mas legal!beijos,chica

    ResponderEliminar
  3. Por que razão não poderão as senhoras de aspecto respeitável rodopiar em celebração da primavera? Ficarão menos respeitáveis por isso? ;-)
    De qualquer forma, gostei muito da metáfora de uma alma rodopiante, ainda que correndo o risco de outras almas igualmente sensíveis a poderem distinguir na poeira dos dias monótonos...
    Salvé, pois, a primavera em todo o seu esplendor!

    ResponderEliminar
  4. As minhas baterias também estão recarregando, só que por incrivél que parece já começei a conatgem decrescente dos dias de férias! e pode?
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Já agora, visto que o tema é a primavera, aqui segue o endereço de um artigo curioso sobre a sua etimologia: http://www.ciberduvidas.pt/idioma.php?rid=1644
    Para os que apreciarem as "minudências da língua", este Ciberdúvidas é verdadeiramente dopante. Aqui fica a proposta.

    ResponderEliminar
  6. Pois aqui estamos começando a sentir frio ... outono e logo mais, o inverno. E parece-me que este ano será um inverno bem mais frio que os anteriores... Feliz Primavera, minha querida!

    ResponderEliminar
  7. Que LINDO, Teresa! Quanta poesia em palavras tão sinceras... lhe acompanho nesse "rodopio da alma", sou solidário a um sentimento tão significativo!
    Beijão.
    Jr.

    ResponderEliminar
  8. We
    Eu explico: só em circunstâncias excepcionais as senhoras de aspecto respeitável podem rodopiar de braços abertos na rua, sob pena de se verem cercadas de alunos e encarregados de educação perplexos, que as confundem com um grupo de derviches esvoaçantes e, por isso, as reencaminham rapidamente para a Turquia.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Olá Teresa,
    Hoje também fui passear a malta (sim, os particulares não têm férias!), e carreguei baterias enquanto a pequenada visitou o Museu Arqueológico no Portinho da Arrábida. Tão bom!
    Nada como o sol!
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
  10. A todos os amigos que aqui compartilharam este "rodopio da alma", obrigada!
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. A minha alma também rodopia com a chegada da Primavera. É a minha estação do ano favorita. Tal como dizes, tudo é radioso, limpo e colorido. Vivo! Apetece guardar numa caixa todos os cheiros e as cores do campo, para desfrutar quando voltar o Inverno, que este ano foi tãooooo grande e cinzento.

    Beijinhos e boa Primavera :)

    ResponderEliminar
  12. A Primavera faz-nos bem. Revigora-nos o ser! E, sim, rodopiamos sem ninguém ver.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. "...Só não o faço porque não pareceria nada bem, numa senhora com um aspecto respeitável."-adoro!
    E consigo imaginar, perfeitamente, tudo o que sentes e o que te apetece fazer.
    Ah! Gang das Bengalinhas... (private joke - para breve!)
    Bjokas
    Romicas

    ResponderEliminar
  14. Olá moça,
    Realmente estamos a entrar no tempo de recarregar baterias, as pilhas, as células fotovoltaicas, o que for preciso.
    "bora lá " !!!!!
    Um beijo primaveril

    ResponderEliminar
  15. 'bora lá, recarregar as baterias com a Primavera!
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Teresa

    é das senhoras respeitáveis como nós,

    que saem as maiores loucuras!

    se não, para que serviria o brilho do mar?

    um abraço pelo ensolarado texto!

    Manuela

    ResponderEliminar
  17. Bonito ver a Teresa rodopiando de braços abertos saudando a primavera. Bonito .
    E assim ganho também palavras romanticas, depois de dias tão nervosos e tristes.
    Obrigada pelo seu ceu azul e límpido.
    E que se junte a todas as flores da sua primavera uma solidez nos sentimentos de ternura por voce mesma e os que te rodeiam.
    Ontem estive a espreitar o mar com suas ondas enormes a bater contra as muradas e nas areias marrons. Um espetáculo que só vemos após tempestades, é a tal chamada ressaca. E lá fiquei por um bom tempo, limpando a alma, molhando
    coração.
    Que o nosso outono seja suave e traga cores fortes do ouro amarelado, das folhas secas., chuvas só se forem pequenas pra deixar nossas noites aconchegantes.
    E assim Alcochete e Icaraí terão duas senhoras a rodopiar a céu aberto rsrsrs
    Beijinhos .

    ResponderEliminar
  18. Lis, Manuela
    Será que iniciamos aqui um movimento de senhoras rodopiantes?
    Que a primavera seja vibrante e o outono seja suave, e que nunca nos falte a vontade de rodopiar!
    Bjs

    ResponderEliminar