segunda-feira, 5 de abril de 2010

Amizades improváveis

Tenho uma gata chamada Sushi. Nasceu no quintal de um vizinho e eu apaixonei-me por aquela bolinha de pêlo branco e dei-lhe o nome (não sei bem porque é que decidi chamar-lhe Sushi!) ainda antes de saber se era rapaz ou rapariga. 
No início, era muito tímida e arisca. Passou os primeiros dias debaixo dos armários da cozinha, a espreitar cá para fora com ar desconfiado. Depois, pouco a pouco, foi tomando posse da casa. E de nós todos, claro! Segue-me como um cachorrinho pela casa toda. Adora deitar-se ao meu colo ou, se estou  a trabalhar no computador, junto às minhas pernas. Também gosta de passear pelo meu quintal. Nunca se afasta muito, observa os melros e os pardais, brinca com as lagartixas, tenta apanhar as borboletas. Quando quer voltar para casa, mia para lhe abrirmos a porta. Tem um invejável reportório de miados diferentes, que utiliza conforme os desejos e as ocasiões e que já nos habituámos a distinguir. É uma companhia tranquila.
Agora, arranjou um novo amigo. É um urso de peluche, grande e fofo, que pertenceu à minha filha. Massaja-lhe vagarosamente a barriga de pêlo castanho, depois deita-se entre os seus braços abertos e dorme descansadamente. Quem sabe o que pensa ou o que sente? Há amizades assim, improváveis, mas igualmente saborosas.


43 comentários:

  1. Lindo e doce tudo isso! Bom de se ver e ler!beijos,linda semana!chica

    ResponderEliminar
  2. Sua gata é linda viu???
    Amo gatos brancos e de todas as cores...
    A foto dela com o amigo Urso e tb entre as roupas são mui belas...

    Bela semana para ti!!!

    bjão

    ResponderEliminar
  3. Admiro os seres humanos que enxergam o amor proveniente dos animais... eles costumam ser fiéis, amam de verdade, as vezes bem mais que certos humanos... sua gatinha é linda e vai trazer muitas alegrias ainda, tenho certeza!
    Boa semana pra ti!
    Jr.
    Ps: Escrevi sobre o filme de Chico Xavier no 'Contatos', compartilhe comigo esse momento!

    ResponderEliminar
  4. Olá Teresa.
    O que faz uma amizade ser provável?
    A falta de reciprocidade? Será?
    Divirto-me em ver que por vezes algumas amizades, bem prováveis. No entanto, um dos lados, esforça-se bastante para tentar mostrar ao outro lado, ou às pessoas, que afinal não é tão amigo e logo a mizade é pouco provável.
    Por que será que existem pessoas assim? Inseguras? Tontas? Será?
    BJ
    Bj

    ResponderEliminar
  5. Ela é linda! e é incrivél como dizes e bem, tomam posse da casa e da familia. A Tita tem um buraquinho na porta da garagem feito á sua medida para poder ir livremente ao jardim, também nunca se afasta muito visita apenas o vizinho do lado.São uma companhia estes amigos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. A Amizade é sempre bonita, quando é espontânea. O improvável e o imprevisível só lhe dão um toque ainda mais caloroso. Quem pode resistir a uma foto como essa? Eu que até nem aprecio muito gatos, fiquei encantada.
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  7. Ele parece muito confortavelmente instalado!
    Lindo.
    xx

    ResponderEliminar
  8. A tua Sushi faz-me lembrar uma Julieta que eu conheci. So que essa de fofa e doce não tinha nada!! Era ( e é) uma leoa autêntica. Bj. Teresa

    ResponderEliminar
  9. Chica
    Os gatos, contrariamente ao que se diz, são doces, sim. Bjs

    ResponderEliminar
  10. Mylla
    Já tinha saudades suas!
    Também amo os gatos de qualquer cor, são animais muito bonitos e elegantes.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Junior
    Tenho exactamente a mesma opinião: os animais são mais fiáveis do que os seres humanos, geralmente.
    Lá irei ao teu blogue, com certeza.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  13. Vagamundos
    Não sei o que o urso pensa disso :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Maré Alta
    Eu só estava a pensar na minha gata mas, na realidade, o que torna uma amizade provável ou improvável? É uma boa pergunta!
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Lilá(s)
    A tua Tita também é uma beleza, mas tricolor!
    Eles apoderam-se da casa, mas é bom, são uma companhia maravilhosa.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Helga
    Só não aprecias muito gatos porque nunca viveste com eles. São muito engraçados e meigos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Papoila
    Parece que estão os dois bem contentes, não é?
    Bjs

    ResponderEliminar
  18. Ana
    Bem, quando a Sushi se aborrece (por exemplo, com as cadelas) também vira uma pequena leoa!
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Boa noite!
    Sugiro Teresa, como tema de um próximo post seu.
    O que torna uma amizade provável ou improvável?
    Seria um tema interessante para reflectirmos em conjunto.
    Bj

    ResponderEliminar
  20. improvável é o amor

    e nós não desistimos de o encontrar!

    por aqui também temos uma gatinha branca e preta, que nos adoptou

    veio devagarinho, sorrateira, nem miava

    agora instalou-se e dorme entre as nossas pernas...

    um beijo

    e uma festinha à gatinha branca

    Manuela

    ResponderEliminar
  21. Manuela
    Improvável é o amor... tens razão. E, no entanto, estes bichinhos adoptam-nos e instalam-se nas nossas casas e nos nossos corações. Ainda bem que não desistimos do amor!
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Teresa, lamentavelmente já. Digo lamentavelmente, porque tive 3 quando ainda vivia com os meus pais e 2 deles tiveram um final algo trágico. Um deles particularmente deixou-me marcas. Era muito querido e muito meiguinho. Chorei bastante durante dias. Os outros já eram mais doidos e um deles até era um pouco agressivo, a minha mãe acabou por dá-lo a um amigo, que também não o conseguiu domar. Mas era lindo, preto e enorme, parecia uma pantera em ponto pequeno. Talvez seja pela experiência que hoje não aprecio assim tanto, não sei... mas são animais lindos e a tua Sushi é um encanto.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  23. Helga
    Que pena que tenhas tido experiências desagradáveis! Tal como as pessoas, há gatos mais temperamentais, até porque eles têm uma personalidade vincada. Mas obrigada pelas tuas palavras (isto é recado da Sushi!).
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Teresa
    Experiencia gostosa essa de ter animaizinhos de estimação pela casa. Essa Sushi sua é linda !
    Sempre me esquivei dessa idéia porque a maioria do tempo morei em apartamentos e além de nem sempre ser permitido pelo código dos condominios há uma série de fatores inconvenientes, os cheiros e pelos já bastava pra desistir.
    Agora,apesar de ainda em apartamento, com as relaçoes mais apaziguadoras com a administração dos edificios tenho tido algumas experiencias, diga-se de passagem frustradas rsrs
    Essa última a Pitty desanimei logo na primeira semana , relatei aqui e foram tantos descontentes e todos querendo ensinar como proceder, etc e tal.
    Eles são mesmo silenciosos, assim como voce descreveu a Sushi , uns docinhos e uma companhia deliciosa mesmo mas ... ainda tenho problemas , moro provisoriamente,num mini apto com dois filhos que tomam todos os espaços rsrs ainda veio a gata ,está uma pauleira. Um deles é até alérgico, tem uns certos medos infantis e provavelmente ela tenha que ganhar uma familia mais civilizada rsrs
    Vou levando pra ver até onde posso ir rsrs tenho feito vários mimos nela , todo dia ganha presentinhos rs
    abraços Teresa, desculpe ter alongado . É um assunto que nao acaba nunca !!
    abraços

    ResponderEliminar
  25. Lis
    Não te alongaste nada, eu gosto sempre de falar contigo.
    Sabes como eu gosto de animais, não é? Gatos, cães, não tenho mais porque chega a um ponto que é exagero. Mas gosto de os sentir por perto, da sua amizade sincera, do carinho, da alegria.
    Ainda não acredito que vais ser capaz de dar a Pitty. É tão querida!
    Bjs

    ResponderEliminar
  26. Adoro gatos e só tenho pena de viver num andar, caso contrário já teria um.
    Quanto à pergunta que me faz lá no CR: Claro que pode participar com uma cidade portuuesa, estrangeira, ou ambas. Avise-me depois e colocarei o link. Pode não ser logo no prórpio dia, porque só quero publicar um link por dia e já tenho alguns em lista de espera.
    Obrigado por ter aceite o desafio.

    ResponderEliminar
  27. Carlos
    Os gatos são os animais mais adequados para apartamentos, adaptam-se perfeitamente :)
    Quanto às cidades, envio-lhe amanhã os links, então. Obrigada.

    ResponderEliminar
  28. Compreendi e senti todas as suas palavras. Revi-me numa situação parecida com a sua, com a diferença que a adoptada fui eu... apareceu muito maltratada e prenha no jardim do meu Refúgio, cuidei dela sem lhe dar muita confiança, a sua guarida era a arrecadação, aos poucos....tornou-se a nossa "dona".
    Branca como a Sushi e Branquinha de nome ficou!
    Abracinho

    ResponderEliminar
  29. Também sou uma "adoradora" de gatos!
    Tenho 3 gatas, cada qual com a sua maneira de ser.
    São uma excelente companhia!

    Abraço

    ResponderEliminar
  30. Teresa

    Um animal dá-nos grandes lições, se estivermos atentos. Obriganos a reflectir em tantas coisas, tantas atitudes e valores..
    Tenho duas gatas cá em casa. Mãe e filha. As duas a prepararem-se para a maternidade, andam mais carentes e também mais afectuosas.. é um previlégios aprender com elas.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  31. Maria Teresa
    Quando temos uma animal de estimação, a entrega é mútua, nós adoptamo-los e eles adoptam-nos a nós.
    Bjs

    ResponderEliminar
  32. Rosa dos Ventos
    É verdade, os gatos são uma excelente companhia.
    Bjs e volte sempre.

    ResponderEliminar
  33. Maria João
    Ter duas gatas, ambas grávidas, é obra: e quando tiverem os gatinhos, que vais fazer? Por aquilo que já vou conhecendo, não te vejo a matar gatinhos no quintal.
    Mas tens razão, aprendemos tanto com eles!
    Bjs

    ResponderEliminar
  34. A outra chama-se Quicas e é filha da Nocas, é aliás a única que nasceu cá em casa...
    É a mais doce! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  35. Há amizades improváveis, mas nem por isso deixam de ser ternurentas... :)

    Também tive um gato assim, que me seguia por toda a casa, o meu marido dizia que era a minha sombra. Foi um desgosto enorme quando morreu, aos 17 anos, de velhice e outras complicações. Durante uns tempos ainda parecia que ouvia o sininho (que tinha na coleira) atrás de mim...

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  36. Teresa

    Pois, é obra, como dizes... e não os mato, não! Seria incapaz!
    Encontro sempre alguém que adopte dois ou três e quanto ao resto, andam por lá até quererem descobrir mundo. Comem, brincam e aninham-se por cantos e recantos do meu quintal, depois... pouco a pouco vão embora. Eu costumo dizer que emigram... mas na realidade, andam libertos na natureza. Às vezes, vêm visitar-nos, mas é coisa rara. Os gatos ou ficam ou partem de vez.
    Agora vou mesmo ter de as esterilizar, porque já são duas e ao mesmo tempo. Vai ser mais complicado...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  37. Rosa dos Ventos
    Se for como a mãe, a Quicas é uma beleza. Beijinhos para todas.

    ResponderEliminar
  38. Teté
    É terrível quando aqueles que amamos desaparecem (mesmo quando são animais. Talvez seja boa altura para adoptar outro!
    Bjs

    ResponderEliminar
  39. Maria João
    Também esterilizei a minha Sushi, quando ela era ainda pequena. Acho que é um alívio para elas e para nós.
    Bjs

    ResponderEliminar
  40. Peço muita desculpa, mas terei de vir a terreiro defender a honra da minha leoa, uma verdadeira sósia da Sushi e Julieta de sua graça.
    Na verdade, podemos muito pouco em relação às afinidades electivas e a Ana foi vítima do elitismo felino da pobre "bichaninha". Porém, como já referi, há que respeitar a sabdoria ancestral dos gatos... Por isso, Ana, anima-te, porque, no fundo, lá num recanto recôndito do coração julietiano, sei que existe um lugarzinho para ti. Coragem, que o teu tempo provará que tenho razão ;-)

    ResponderEliminar
  41. We
    Ah, é tua a célebre Julieta que não gosta da Ana? Pois, o nosso coração tem razões que a razão desconhece, não é?
    Fizeste bem em defender a sua honra, claro, para isso existem as donas!
    Bjs

    ResponderEliminar