sexta-feira, 7 de maio de 2010

Vermelho Estaline

Fico sempre surpreendida pela forma como nos apropriamos da História. 
Sejam  figuras, sejam locais ou acontecimentos, com o passar do tempo vão perdendo a carga emocional que possuíram, vai-se esquecendo o seu significado real, para ficarem reduzidos a uma vaga memória, às vezes com contornos lendários ou mesmo folclóricos.
Vem isto a propósito de uma nova tinta da Robbialac, um vermelho seguramente muito vermelho, chamado Vermelho Estaline. A Robbialac é uma empresa respeitável, que já por cá anda há muito tempo. Poderia ter mais cuidado e entender que as palavras evocam memórias reais e, por vezes, dolorosas. 
Se a moda pega, ainda poderemos pintar uma sala de castanho-Hitler com riscas vermelho-Estaline. Para o quarto, um belo verdinho-Salazar. Há palavras que devem continuar a evocar acontecimentos e emoções, e não a cor da minha sala de estar. Para não perdermos de vista o que significaram. Para não esquecermos.
Houve alguns protestos, houve pessoas que não gostaram. Francisco José Viegas, por exemplo, falou sobre isto aqui. E a Robbialac, como empresa respeitável que é, percebeu que tinha feito disparate e alterou o nome do seu novo produto. O seu departamento de relações públicas pediu desculpa e afirmou que não tinha intenção de ofender as vítimas do estalinismo. Retirou o produto e recolocou-o com outro nome mais inócuo.
Parece-me bem. A pintura da nossa memória colectiva tem de ter um limite.


17 comentários:

  1. Oh Teresa,

    Em tempos de crise vale tudo! E depois como é que era? "Bate-chapas e tinta Robbialac".
    Mas olha que verde -Salazar...ainda corres o risco de seres enforcada (não por mim, se bem me entendes!)Bj

    ResponderEliminar
  2. Os departamentos de marketing andam com uma imaginação serôdia.
    Bom fds

    ResponderEliminar
  3. Divulgação Blog de Noticias Humuristicas

    http://noticiasanctuanlizadas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Ana
    Pois, vale tudo. Depois, qualquer dia, se perguntassem :"Estaline? Não estou a ver. Ah, já sei, é o vermelho da minha sala!" não se podiam queixar.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Carlos
    Pois, se calhar é falta de imaginação.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Tens toda a razão de ficares indignada e de deixares aqui o teu testemunho. Qualquer dia tudo é permitido em nome dos cifrões.
    Ainda bem que a campanha da Robbialac não foi à avante!

    BJS

    ResponderEliminar
  7. OLA MINHA LINDA tEREZA.
    MEUS MIMOS http://sandraandrade7.blogspot.com/
    TEM CARINHO PARA TODAS AS MÃES...
    TEM NA INTERAÇÃO DE AMIGOS UM
    http://sandrarandrade.7blogspot.com PRESENTE PARA VC.
    FELIZ DIA DAS MÃES.
    CARINHOSAMENTE.
    SANDRA

    DESCULPE MINHA AUSENCIA.MAS NÃO FOI POSSIVEL VIR ANTES. ESTAVA TAMBÉM COM SAUDADES DE VC.
    TENHO QUE DIVIDIR MEU TEMPO EM MIL.
    MAS OS AMIGOS MORAM DENTRO DO MEU CORAÇÃO E PENSAMENTO. POR ISSO JAMAIS SERAM ESQUECIDOS. PASSE O TEMPO, PASSA AS HORAS. MAS VC ESTARÁ COMIGO..MINHAS LEMBRANÇAS SEMPRE ME REPORTAM ATÉ VC. OS HORIZONTES SÃO GRANDES, MAS O AMOR ENCURTA ESTA DISTANCIA.
    UM GRANDE ABRAÇO.
    SANDRA

    ResponderEliminar
  8. Como é que num empresa dessas se adopta essa designação para um produto?

    Que dizer? -- nem sei!

    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Olá, Teresa.
    O mundo anda em crise, O país está em crise.
    Já se percebeu que não existe grande imaginação para dar volta a isto.
    Ora bem, o departamento de Marckting da Robbialac, nomeadamente a agência de publicidade veio demonstrar mais uma vez aquilo que o nosso país carece.
    De imaginação! De novas ideias!
    Quem sabe, se agora, a propósito da vinda de sua santidade, o papa, não sai um novo produto da Robbialac. o Branco Papa.
    Que tal a ideia?
    Bj

    ResponderEliminar
  10. Natália
    Nem fiquei indignada, acho que só fiquei surpreendida. E achei ridículo, sinceramente.
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. JPD
    Olha, sinceramente também não sei. É mesmo para rir e achar ridículo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Maré Alta
    Acho o Branco Papa uma excelente ideia :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Poderia ser vermelho SLB, não achas?
    Embora eu seja mais verde relvado... :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Ainda bem que a Robialic se emendou, porque como dizes há cores e cores, pois há memórias com cores muito vivas...

    ResponderEliminar
  15. Rosa dos Ventos
    Ora aí estão mais duas boas propostas!
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Há.dias.assim
    As nossas memórias também têm cores, e muito vivas, tens razão!
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Parece um assunto completamente sem importância, mas não é tanto assim.
    Não se deve "usar" a História, pois a História é algo de um valor grande e de múltiplas interpretações...

    ResponderEliminar