sexta-feira, 28 de maio de 2010

Artes do Claustro

Eu sei que não devia fazer este post agora, no fim de Maio, quando estamos todos a pensar como havemos de recuperar as linhas perdidas durante o ano, para apresentarmos um corpinho mais ou menos jeitoso nos areais deste verão. Mas, não me importo, toda a gente sabe que eu sou irremediavelmente gulosa.
Vem este dasabafo a propósito da mostra de doces conventuais que decorre, a partir de hoje, no Mosteiro de S. Vicente de Fora, em Lisboa. Eu não vou perder a oportunidade de passar por lá e provar estas delícias. 





Passo a palavra:

"A partir de amanhã, e até domingo, dia 6 de Junho, no Mosteiro de São Vicente de Fora, em Lisboa, decorre a 1.ª Mostra de Produtos Conventuais. Bolachas, compotas, licores e também objectos religiosos, ícones, pinturas, esculturas, artesanato e outros estarão à disposição dos interessados em conhecer o que se faz nos mosteiros e conventos portugueses.



Para já, são 14 as ordens e congregações religiosas (mais um seminário e um centro de espiritualidade) participantes nestas Artes do Claustro. A ideia começou por ser pensada só para a área de Lisboa, mas rapidamente foi alargada a todo o país, se bem que ainda a um âmbito reduzido.

"Vamos ver e, se correr bem, será para continuar", diz ao PÚBLICO Sandra Costa Saldanha, directora do Serviço de Património do Patriarcado de Lisboa. O ritmo anual e o alargamento da participação ao maior leque possível de mosteiros e conventos são as duas ideias em perspectiva.

A mostra será inaugurada às 12h30, está aberta todos os dias (excepto segunda) das 12h às 22h (sextas e sábados até às 24h). Nos dias 29 de Maio, 1, 3 e 5 de Junho, haverá chá no mosteiro, às 17h, servido pelo Convento dos Cardaes. Sábado, dia 5, às 19h30, há um concerto de cravo com Flávia Castro e na sexta-feira, dia 4, um outro com o coro da Universidade Católica."

(informação retirada daqui :lisboasos.blogspot.com/2010/05/doces-conventuais-em-sao-vicente-de.html

24 comentários:

  1. Hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm....que delícia e mexeste com a formiguinha chica por aqui...Lindos doces e uma tentação!beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Quem sabe não nos encontramos por lá!
    Um "doce" fim de semana ;-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Vivo numa região onde os doces conventuais são presença constante nas pastelarias, é uma perdição à qual, com muito esforço, procuro fugir. Mas é dífícil, muito difícil...

    Um beijinho e bom fim de semana, que se avizinha doce!

    ResponderEliminar
  4. Chica
    Que delícia e que tentação!
    E depois quero emagrecer!
    Bjs

    ResponderEliminar

  5. Quem sabe? No domingo, não posso. Se for, é amanhã, sábado. Ou então, no feriado de 3. Uma coisa é certa, esta exposição eu não perco:)
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Maria João
    Tu vives na zona dos papos de anjo e outras delícias. Come-se muito bem, no norte do país. Deve ser difícil manter a linha :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Que mazinha, com esses convites pecaminosos! Amanhã tenho duas sugestões para o fds e ambas apontam em sentido contrário: queimar calorias. Assim sendo, talvez antes das minhas sugestões, possa seguir o seu conselho.
    Bom fds

    ResponderEliminar
  8. Carlos
    Se for primeiro aos doces conventuais e depois queimar calorias, fica com menos problemas de consciência :)
    Bjs e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  9. Muito obrigado por me dar a conhecer esta excelente iniciativa do Patriarcado.
    S. Vicente de Fora é para mim um local místico e uma paixão. Lá vivi, ou melhor para lá andei durante mais de 10 anos, nos anos 60 do século passado. Tive ali muitos amigos, conheço a igreja e os claustros "a palmo". Fui ali muito feliz, participando activamente no dia-a-dia da paróquia.
    Foi ali que quase sem saber fui influenciado pela poesia do bom Padre José Correia da Cunha. Também pratiquei arqueologia naquela Igreja durante mais de 40 anos.
    Tudo isto para acrescentar que aquela bela Igreja tem outros interesses suficientes para uma demorada visita. Ao Sábado será difícil estacionar a viatura, melhor será utilizar o transporte público.
    Se lá for visitem o Mosteiro. Subam à torre da Igreja e vejam Alfama e o rio de outra perspectiva. Visitem o Panteão da Casa de Bragança, local onde estão sepultados quase todos os Reis da Quarta Dinastia. Visitem a Portaria e vejam os lindos painéis em azulejo (a conquista de Lisboa ao Mouros etc.) Vão visitar a linda sacristia com madeiras de jacarandá e pau-santo. No chão da sacristia que tive o gosto em participar nas escavações arqueológicas estão sepultados alguns Cavaleiros Teutónicos que morreram na conquista de Lisboa ao Mouros. Só não se vêem os túmulos em pedra pois não autorizaram que se colocasse vidro ou outro acesso à História de Lisboa. Mas não foi só isso: na Cerca do Convento descobrimos dois Silos Árabes intactos e também nos obrigaram a tapar...
    De volta ao Convento, visitem a Sala dos Meninos de Palhavã filhos de D.João V e da Madre Teresa do Convento de Odivelas. Ainda existem as fábulas, os motivos de locais dos descobrimentos, tudo em painéis de azulejos da Fábrica do Rato. Já agora vejam a colecção de tecidos e o nosso museu de arqueologia.
    No final de tudo isto beberemos um chá e comeremos uns bolinhos conventuais.
    Boa visita! Talvez me vejam por lá amanhã à noite.
    Rogério Martins Simões

    ResponderEliminar
  10. Por favor rectifique uma gralha no que escrevi. Em vez de Madre Teresa é Madre Paula.
    As minhas desculpas

    ResponderEliminar
  11. Rogério
    Fico sempre feliz quando contribuo para a divulgação de iniciativas que me parecem interessantes.
    Também gosto muito do Mosteiro de São Vicente de Fora. O meu pai também por lá andou, quando menino. Além da imensa importância histórica e da beleza do lugar, gosto muito do Panteão dos Braganças, com aquela imagem impressionante de D. Amélia chorando o marido e o filho assassinados. Conheço bem os lugares que assinalou, mas fez muito bem em enumerá-los, assim a divulgação é maior.
    Talvez nos encontremos lá, entre uns bolinhos e uns licores :)

    ResponderEliminar
  12. Almighty yellowphant
    Se comer só um bolinho, só engorda cem gramas. Depois, sobe as escadas da Torre da igreja e desfaz-se deles, com a vantagem de ter uma vista maravilhosa sobre Lisboa :)
    Bjs e volte sempre.
    Aqui só se dão bons conselhos :)

    ResponderEliminar
  13. Que grande maldade! e agora como vou resistir? e logo eu que sou tão gulosa...
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Teresa
    Isto não se faz!!
    Não vou perder, podes ter a certeza. Mas depois mando-te a conta do Dr. Tallon!!!!!
    Bj

    ResponderEliminar
  15. Lilá(s), Ana

    Suas gulosas, e depois a culpa é minha:)
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Olha que rica ideia!
    Vou ver se "arranjo" um grupinho de gulosos para me acompanharem!
    Obrigada pela informação.
    xx

    ResponderEliminar
  17. Papoila
    É uma rica ideia, especialmente se não abusarmos das calorias. Depois, segues as propostas do Rogério (ler acima) e abates as calorias todas :)
    Bjs
    (Depois, diz se gostaste)

    ResponderEliminar
  18. Que post guloso :) Assim não há dieta que resista.
    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  19. Vagamundos
    Às vezes, há que atirar a dieta às urtigas :)
    Bjs e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  20. Até mesmo porque voce pode hem Teresa ! com esse corpinho seu ,coma a vontade todos os doces que te "apetecer" rsrs
    Pra mim seria mais fácil, meu verão agora só em 2011
    até lá que se dane a direta rsrs
    abraços , um bom domingo

    ResponderEliminar
  21. Lis
    Olha que eu gano, não posso descuidar muito :)
    Bjs e bom domingo para ti.

    ResponderEliminar
  22. Um pequeno "desvio" de vez em quando até faz bem ao ego (ao corpo não sei!)...
    Abracinho

    ResponderEliminar
  23. Que tentação, Teresa! Isso não se faz porque tembém eu sou uma gulosa inveterada.


    Beijos doces

    ResponderEliminar