domingo, 17 de maio de 2009

Viagens e mais viagens


Como muito bem sabe toda a gente que me conhece mais ou menos bem, eu adoro viajar. E passo algum do meu tempo livre a "navegar" por livros, revistas, sites, programas televisivos, que se relacionem com o tema. Já que não posso viajar tanto quanto gostaria, as imagens e as palavras dão-me um "cheirinho" dos locais. Ora esta semana descobri duas referências extraordinárias, cada uma à sua maneira. 
Uma foi a notícia de que reabriu a circulação turística na fronteira entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul. Fiquei a saber que, se me sujeitar a ter acompanhamento militar e prescindir de telemóvel, posso visitar o templo Singyesa, do século VI, ou apreciar as cataratas Kuryong, ou outros locais com nomes fantásticos e, para mim, até agora desconhecidos, e que me deixam na boca um exótico sabor a aventura.
Mas, se não gostar de nenhuma das sugestões disponíveis no mercado, há outra possibilidade: através do site www.handmadevacations.com, é posto à nossa disposição um serviço de organização de férias total, que trata de todo o planeamento e de toda a logística até ao mais absurdo pormenor, no local mais improvável.
(País de Gales, 2006 - Foto de Teresa Ferreira)

Nesta época de comunicação global, há cada vez mais projectos e propostas aliciantes. Só há um problema: há cada vez menos dinheiro!

1 comentário:

  1. Amiga, como te compreendo (passo a vida a repetir isto, mas é verdade)! Tantos lugares para visitar, tanta vontade para viajar e... tão pouco dinheiro para gastar. Que tristeza!
    Bjokas

    Romicas

    ResponderEliminar