terça-feira, 19 de maio de 2009

O Último Ano em Luanda


Acabei de ler este livro do Tiago Rebelo e gostei bastante. Embora não seja uma obra-prima, é um livro bem escrito, que prende o leitor da primeira à última página. As duas personagens centrais, Nuno e Regina, são um casal que luta para se salvar, durante os anos de 1974 /75, em Angola. Através deles, é a tragédia dos portugueses que viviam em Angola que nos é apresentada; apanhados no meio de uma tempestade que não podem controlar, entre os interesses das grandes potências e a ineficácia da administração portuguesa, no meio das lutas fraticidas dos movimentos de libertação, lutam para salvar alguma coisa de uma vida de trabalho, quando não a própria vida.
A família do meu marido estava em Angola quando eclodiu a guerra civil. Não eram ferozes colonialistas, eram simplesmente pessoas que trabalhavam numa Angola que consideravam, também, a sua terra. Talvez por isso, muitas das situações e dos episódios narrados neste livro não me foram estranhos. Já ouvi contar muitas vezes casos idênticos. A maioria desses "retornados", como eram chamados, voltou para Portugal e aqui conseguiu reorganizar a sua vida.
Para quem não conhece bem, ou não viveu, este período da nossa história, talvez seja um livro importante. Pode servir para se compreender melhor o período turbulento que se seguiu à Revolução do 25 de Abril e que, tantas vezes, é convenientemente esquecido ou branqueado nos discursos oficiais.

Sem comentários:

Enviar um comentário