domingo, 8 de janeiro de 2012

Portugal visto pelos carteiros

Ainda se encontram iniciativas interessantes, originais, criativas!
Os CTT decidiram distribuir aos seus carteiros máquinas fotográficas descartáveis e desafiá-los para fotografarem o pequeno mundo em que circulam diariamente. E os carteiros aderiram, tirando milhares e milhares de fotografias que foram depois visionadas e escolhidas por um júri. Foram selecionadas 200 fotografias, expostas até hoje no edifício dos CTT, na Rua de São José, em Lisboa.
É uma exposição tocante, que nos mostra um Portugal esquecido e atrasado, o Portugal profundo, como se costuma chamar. Recantos isolados do nosso país, locais que parecem parados no tempo, pormenores pitorescos, rostos expressivos. Retratos de pessoas que, por vezes, têm no carteiro um dos poucos contactos com o mundo exterior, seja numa remota aldeia transmontana, seja num prédio de um subúrbio de Lisboa. Os animais que os recebem nos quintais, as caixas de correio improvisadas e improváveis. Em resumo, momentos, pormenores. Registados pelos olhares atentos e cheios de sensibilidade dos carteiros.
Para quem não conseguiu ver a exposição em Lisboa, há a boa notícia de que ela irá circular pelo país. Se, ainda assim, não for possível, resta um livro editado pelos Correios que guarda as melhores fotografias. Para memória futura.


(Fotografia premiada do carteiro Álvaro José Azevedo, de Vila Real)

24 comentários:

  1. Que bela ideia!!
    E as coisas que tu descobres...
    De facto é uma iniciativa giríssima e que deve ter tido um resultado impressionante. Gostaria de ter visto a exposição, mas, claro, não deverá vir à minha cidade bela... Pode ser que calhe ver o livro.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Rosa
    Eu gostei imenso da exposição, quanto mais tu gostarias, que és uma fotógrafa de mão cheia!
    Mas, se tu descesses mais vezes aqui ao povoado, podíamos fazer uns programas engraçados. Nunca me faltam ideias!

    ResponderEliminar
  3. Até tive conhecimento desta iniciativa, mas não tive oportunidade de visitar a exposição. Foi pena! Mas talvez apanhe o livro por aí... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  4. a ideia em si é fantástica! vou esperar que o resultado tb o seja

    ResponderEliminar
  5. Teresa
    Foi pena não teres ido, acho que terias gostado.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Rosa
    Precisamos de mais iniciativas assim, que nos devolvem olhares sobre nós próprios.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Leonor
    O resultado também foi muito interessante, garanto.
    Obrigada pela visita, volte sempre.

    ResponderEliminar
  8. Rui
    Se eu souber por onde anda a exposição, aviso. :)

    ResponderEliminar
  9. Tive hoje conhecimento deste livro quando ouvi o comentário do Marcelo R.S.

    ResponderEliminar
  10. Bom dia, Teresa

    Excelente iniciativa e obrigada por tê-la publicitado aqui no seu blog. É certo que já não vou a tempo para a exposição, que terminou ontem, mas procurarei saber por onde anda ou então verei esse trabalho no livro que referiu...

    Sabe que este seu post me lembrou logo de 'A Morgadinha dos Canaviais', a festa, o acontecimento que era a chegada do carteiro? :)

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  11. O livro está exdelente. E se eu nao soubesse nao serem amadores, nao diria que o eram... :)

    ResponderEliminar
  12. Pinguim
    Ok, será que o Marcelo R.S. também leu o meu post?
    ;)

    ResponderEliminar
  13. Olinda
    Engraçado ter falado n'A Morgadinha dos Canaviais'! Sabe que, às vezes, eu acho que Portugal se ataviou de novas tecnologias mas na verdade mudou muito pouco desde o século XIX?
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Daniel
    Também pensei isso mesmo. Embora sejam profissionais de outras coisas, estes carteiros mostraram muita sensibilidade e um olhar muito atento sobre a realidade em que se movimentam diariamente.

    ResponderEliminar
  15. Daniel
    A propósito, não consigo pôr comentários no teu blogue. Que se passa?

    ResponderEliminar
  16. Que boa ideia!
    Tenho muita pena de ter sabido a tempo mas vou tentar encontrar o livro.
    xx e obrigada pelas boas novidades que por aqui deixas.

    ResponderEliminar
  17. Papoila
    Vou tentando deixar aqui boas sugestões, mas esta devia ter sido mais cedo!
    Bjs

    ResponderEliminar
  18. Vou tentar procurar o livro porque deve ser delicioso! uma iniciativa muito e muito interessante. Obrigada pela notícia que desconhecia.
    fELIZ ANO DE 2012 PARA TI SEM AQUELAS PALAVRAS DEPRESSIVAS QUE ESCUTAMOS TODOS OS DIAS.
    bEIJOCAS.
    gRAÇA

    ResponderEliminar
  19. Está à venda on-line aqui: "Portugal connosco - o olhar dos carteiros", passo a publicidade... ainda não foi anunciado mas a exposição com as 200 fotos seleccionados, dos 86.800 trabalhos apresentados pelos carteiros (incrível não?), vai estar disponível no Porto, embora ainda não se saiba quando.

    ResponderEliminar
  20. Obrigada Graça
    A depressão é generalizada, mais vale nem falar dela! Beijinhos e bom ano para ti também!

    ResponderEliminar
  21. Miguel
    Obrigada pela informação, espero que seja útil.
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Vou estar atenta a esta exposição.
    Obrigada pela partilha

    beijinhos

    ResponderEliminar