terça-feira, 9 de março de 2010

Três mulheres

Esta semana festejou-se o Dia da Mulher. Os maridos e companheiros ofereceram umas flores, houve uns jantares ou umas saídas ao cinema e, no dia seguinte, estava tudo como era antes. Provavelmente, nos locais do planeta onde a Mulher tem um caminho mais árduo ainda para percorrer até ver os seus direitos respeitados, a sua saúde preservada, a sua dignidade compreendida, este Dia nem tão pouco é festejado. Então, para que serve? 
Apesar de tudo, acho que serve para alguma coisa. Se alguém recordar o exemplo de uma mulher que deu um contributo valioso para o mundo, já vale a pena. Se daí resultar algum alerta sobre as indignidades que as mulheres sofrem em muitos locais deste nosso mundo, já é positivo. Se for lembrada a sensibilidade com que muitas mulheres contribuem para a construção de um mundo mais belo e tolerante, através da arte, já é mais um passo em frente. Se alguma mulher perceber que tem de construir o seu futuro com as suas próprias mãos, por vezes fazendo coisas novas, enfrentando preconceitos e portas fechadas, foi uma vitória. Se, em suma, contribuir para uma valorização do papel e da dignidade da Mulher, então este Dia já valeu a pena.
Em alguns blogues que vou visitando, festejou-se o Dia da Mulher recordando mulheres que ousaram ser diferentes e olhar o mundo de outras maneiras. Todas elas são exemplos do que é possível fazer, quando sacudimos a poeira dos sapatos e da cabeça. Seleccionei três, e vou aqui referi-las, remetendo para os belos textos que as homenagearam e que convido a ler.
- Maria do Céu da Conceição, uma jovem portuguesa, hospedeira de bordo, a quem o espectáculo da miséria inspirou a criação do Dhaka Project. Leiam sobre esta mulher, que nos dá orgulho de sermos portuguesas como ela, no blogue Crónicas do Rochedo.
- Catherine Hamlin, uma ginecologista que abriu um hospital na Nigéria, onde já curou o corpo e o espírito de milhares de raparigas. Uma mulher excepcional, para conhecer no blogue Papoila.
- Amelia Erhart, uma mulher muito à frente do seu tempo, que não hesitou em quebrar barreiras. Para conhecer ou recordar em Luz de Luma (luzdeluma.blogspot.com/)
Três mulheres, três exemplos. Para ler, recordar e inspirar durante este ano, até ao próximo Dia da Mulher.

(Maria do Céu da Conceição em Dhaka)

21 comentários:

  1. Teresa... não precisava pedir! Um agrado enorme ser citada em seu blogue! Obrigada! E tem a mesma opinião que a minha quanto às lembranças que deveriam ser recordadas em todos os dias de todos os anos. Não queremos apenas flores e beijuzinhos, queremos mais! E temos exemplos a seguir, não é?
    Ah, o link está dando erro! Vou lá conhecer os outros blogues! Beijus,

    ResponderEliminar
  2. Ontem havia diversos espectáculos para comemorar o Dia Internacional da Mulher, mas como não dormi toda a noite, por causa dos óscares, estava demasiado cansada para sair à noite.
    O meu marido não me ofereceu flores, nem fomos jantar fora, nem fomos ao cinema. Penso mesmo, que o meu marido nem soube, que dia foi ontem. Também não importa, porque o meu marido é o melhor marido à face da terra. Além disso, aqui é costume as mulheres festejarem juntas e durante todo o mês de Março.
    Como sou assídua leitora do Rochedo e da Papoila também li sobre essas notáveis mulheres.
    Agora vou até à Luma Rosa...

    ResponderEliminar
  3. Luma
    Não sei porquê, não consigo colocar o seu link. Optei por colocar o endereço do blogue.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Ematejoca
    Ter o melhor marido à face da terra é um luxo! Conserva-o bem!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. 3Grandes mulheres, tens razão. Acabei de ver ontem um filme sobre a Amelia Erhart! :)Sobre as outras, já tinha visto documentários na Tv... tenho uma profunda admiração por pessoas(mulheres ou homens), que dão estes passos, pioneiros, destemidos, principalmente nas questões humanitárias, muitas vezes, sem apoios, apoiados apenas pela vontade de melhorar a vida dos outros sem conseguir ficar indiferente... beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Eva
    É isso que estas mulheres têm em comum, não ficaram paradas à espera que a vida lhes batesse à porta. Não ficaram indiferentes.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Muito obrigado pelo destaque. Teresa.
    Vou passando por aqui , mas nem sempre deixo sinal, porque o tempo infelizmente é escasso. Saiba, no entanto, que um dia destes terá o destaque merecido lá no meu Rochedo.

    ResponderEliminar
  8. Teresa, concordo em absoluto que este dia só tem sentido pelo passo que se dá em frente na conquista dos direitos das mulheres. Não quero rosas hoje e a indiferença amanhã. Não falo por mim pessoalmente, pois tal como a 'ematejoca' aqui em casa esse dia também não se celebra. Terei todo o gosto em ler o que foi dito sobre estas mulheres, as quais à partida já admiro, pela coragem e determinação de passarem das palavras à acção e darem o seu contributo à humanidade e contribuírem igualmente para que este dia seja muito mais, do que um jantar romântico e uma rosa à cabeceira.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  9. Gosto de mulheres como as que aqui indicas, sou contra o consumismo mas soube-me bem receber um perfume...e curiosamente fui ao cinema porque tinha a tarde livre só quando na sala começaram a entrar vários casais percebi...
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Carlos
    Se destaquei o seu blogue, foi porque o achei plenamente merecedor. Só isso. E apareça quando quiser, é sempre bem vindo.

    ResponderEliminar
  11. Helga
    E ainda temos tanto caminho a fazer, não é?
    Vale a pena ler sobre estas mulheres, são exemplos da coragem de fazer coisas diferentes.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Lilá(s)
    Os perfumes e o cinema, como qualquer outra coisa, não têm mal nenhum. Até sabem muito bem, não é?
    O problema é quando os Dias de homenagem se resumem a isso.
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Oi Teresa
    Ultimamente tenho subtraído dos meus dias coisas que não me fazem tão bem ,me deixa triste e opto pelas mais amenas, reconheço e concordo que quase todas as datas comemorativas pouco acrescentam ao que verdadeiramente poderia , e me alegro sobremaneira quando leio um texto como o seu que me faz refletir .
    Obrigada. Fui aos blogs citados, menos o da Luma
    ( que já conheço , e q não está abrindo - acontece ), e gostei muitos de ler sobre mulheres tão especiais e aí dá até vontade de meter a cara pra fazer qualquer coisa ( não faço nada) rs de verdade , fico me remoendo !!
    um grande abraço Teresa

    ResponderEliminar
  14. Bom,eu nao tive nem perfume,nem rosa...apenas um bom jantar com 1 amiga,as irmãs e a mãe dela e valeu pela companhia delas :)
    Conhecia as duas 1ªs mulheres citadas.A Luma vou já ver :)
    Hoje li sobre mulheres americanas que fizeram greve e manifestações numa fábrica em 1857,foram todas encarceradas lá dentro e incendiaram a fábrica com elas dentro.A maioria morreu.E li que foi em homenagem a elas que se fez o Dia da Mulher.Mulheres de Coragem!

    Jocas gordas
    Lena

    ResponderEliminar
  15. Lis
    Nem sempre estamos com disposição para coisas sérias, é normal, a vida às vezes já é suficientemente pesada.
    Ainda bem que gostaste de ler sobre essas mulheres, também as acho especiais.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Helena
    E parece que também foi um dia bem passado!
    Quanto à história deste dia é impressionante, não é?
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Minha cara Teresa, queria convidar-te para mais um desafio com o respectivo selinho, mas descobri, que também és leitora do Carlos Albuquerque, o meu fornecedor de desafios.(É que eu só aceito os desafios, que me oferecem directamente, o que ele sempre faz).
    Ainda hei-de analisar a razão, porque gosto tanto de responder aos desafios dos meus amigos virtuais e tenciono fazer uma posta sobre o assunto.
    Para já desejo-te um dia feliz!

    ResponderEliminar
  18. Vale o dia de comemorar o que quer que seja. Pelo momento em comum de pensarmos e ou agirmos numa causa.
    Quer se seja a favor ou contra, une-nos.
    Valem por isso os dias comemorativos de....

    Bom fim de semana, Teresa
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Ematejoca
    Também gosto de desafios, embora nem todos. Mas há alguns engraçados, e fezem-nos entrar em relação com os amigos virtuais de uma forma diferente, mais personalizada. Este das coisas que nos fazem felizes, ainda por cima, faz-nos pensar positivamente, o que é sempre óptimo.
    Obrigada por pensares em mim.
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. MagyMay
    That's the spirit!
    Bjs e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  21. Eu sei o que aconteceu, foi na edição do link, esqueceu de retirar o http antes de adicionar o link da postagem. Tem que limpar a gadget antes de adicionar o link :) Bom fim de semana! Beijus,

    ResponderEliminar