sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Henri Fantin-Latour



Henri Fantin-Latour foi um pintor francês do século XIX, geralmente associado ao Romantismo. Não é muito fácil apreciar as suas obras em Portugal, mas o Museu Calouste Gulbenkian organizou uma exposição em parceria com o Museu Thyssen-Bornemisza, de Madrid, onde reúne cerca de 60 pinturas e desenhos deste artista, oriundos de vários museus europeus e americanos.

Seguindo a cronologia de produção do autor, apreciamos auto-retratos, cópias executadas no Louvre, retratos, naturezas-mortas (como eu detesto esta expressão, e como prefiro a expressão inglesa still life), e temas simbolistas. Gostei particularmente dos retratos, de grande expressividade e riqueza psicológica.
A exposição só está patente em Lisboa até dia 6, domingo. Depois, segue para Madrid. Por isso, é melhor aproveitar e dar um saltinho à Fundação Calouste Gulbenkian durante o fim-de-semana.

Sem comentários:

Enviar um comentário