quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Os Vitinhos deste país

O Vitinho apareceu nas nossas televisões e nas nossas vidas faz agora vinte e cinco anos. Um amigo meu lançou uma questão pertinente: se ele fosse real o que estaria agora a fazer? O que fizeste tu da tua vida, Vitinho?
É uma boa questão. Imagino o Vitinho crescido, agora com 26 ou 27 anos. Já só os pais e os tios o tratam por Vitinho, para o resto do mundo ele é o Vitor Qualquer-Coisa. Provavelmente, estudou, talvez até tenha entrado numa Universidade e tirado um curso superior. Talvez esteja agora à procura de emprego, ou a ganhar 700 euros por mês como funcionário num "call-center". Imagino que pode ter emigrado. Agarrou uma oferta de emprego na Inglaterra ou em Angola, em Espanha ou no Dubai, e lá foi ele. Tem saudades do sol, ou da praia, ou do bacalhau, ou dos fins de tarde na esplanada a comer caracóis e a beber cervejas com os amigos, mas sabe bem que aqui não tem futuro. Pode até ter entrado numa Juventude Partidária e estar a desbravar um futurozinho como político nesta República das Bananas.
Fazem-me reflectir, os Vitinhos deste país. Com tristeza. 
Trazíamos tanta esperança na bagagem!...

7 comentários:

  1. É assessor de umministro !
    Mas não digo de qual...


    Um beijo, TERESA.

    ResponderEliminar
  2. Quanto pessimismo por conta do Vitinho! Todos sabemos que não está fácil para os jovens, mas também não vale a pena esmorecer. Até porque eles precisam de ser incentivados a não cruzar os braços e dizer mal da vida... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  3. Bela ficção sobre um boneco que Portugal desse tempo conheceu, de Norte a Sul.

    ResponderEliminar
  4. (...) Andava por aí um Vitinho, Governador do Banco de Portugal, que deu à sola!

    Mas que injustiça terem comparado as personagens...

    O nosso Vitinho era fixe!

    Cumpts.
    César

    ResponderEliminar
  5. Pois é, ficámos tão descrentes!
    E, no entanto, o nosso Vitinho era fixe, lá isso era. Espero que tenha continuado assim. Não sejamos pessimistas, então!

    ResponderEliminar
  6. O que poderá ter acontecido?...
    1. Terá beneficiado de algo que eu já não beneficiei, o cartão jovem, uma boa ideia do governo de há 25 anos?
    2. Que raio de destino o poderia ter atirado para as mãos destas duas mulheres?
    3. Ou que raio de acaso o castigaria a esta fatalidade?
    4. Teria sido seduzido pelo tráfico de droga?
    5. Teria enveredado por uma carreira militar que abandonou e agora o levasse a procurar trabalho de natureza administrativa?
    6. Será que a vocação religiosa o chamou para uma missão na Igreja?
    7. Poderia ter sido ele a vencer o Prémio Ibero-Americano Jovem Arquitecto Paisagista...
    8. Em qualquer dos casos acho que a falta de notícias, são boas notícias para o "velho" Victor, pois na Comunicação Social as notícias más sempre prevalecem sobre notícias de sucesso e êxito... Parabéns Vitinho e obrigado pelo hábito de lavar os dentes antes de deitar...

    ResponderEliminar
  7. Clint
    Obrigada por este comentário, absolutamente fantástico, que dava um belo post!
    Realmente, não vale a pena fazer conjecturas. Há um mundo de hipóteses à frente do nosso Vitinho. Fica o miúdo fixe e as esperanças de sucesso.
    Bjs

    ResponderEliminar