domingo, 7 de outubro de 2012

Música e mais música!


(Percussões da Metropolitana - ontem, no Largo de São Carlos)

Com a comemoração do Dia Mundial da Música, Lisboa fechou com chave de ouro um verão cheio de cultura e especialmente de música, muita música. Para quem andou atento e com alguma disponibilidade, não faltaram programas para preencher os fins de tarde e os fins de semana. A música encheu as praças e as esplanadas. Houve concertos de cordas, sopros e percussões. Houve apresentações de coros e de orquestras. Houve ópera, tango, fado. Houve jazz e música africana. Houve clássicos e música alternativa. 
Ouviu-se música no Largo do São Carlos como no Largo do Intendente. Nas ruínas do Carmo como na Tapada das Necessidades. E cobriu as esplanadas e as ruas de sons e de sorrisos.
A Mouraria renasceu, orgulhosa da sua multiculturalidade como das suas raízes identitárias. O fado encheu a rua do Capelão e o Largo da Severa, mas os sons inundaram também o Martim Moniz, pondo toda a gente a dançar.
Lisboa agradece esta explosão de alegria. Dizem que sorrir e dançar são as maneiras mais eficazes de combater a crise e prevenir a depressão...

(Coro Lisboa Cantat - ontem, nas Ruínas do Carmo)

15 comentários:


  1. Excelente post, Teresa!

    Dás-nos aqui notícias muito importantes acerca da música e uma imagem das ruínas do Carmo impressionante.

    O sorriso e a música, dois aspectos na nossa vida que não devemos ignorar. Fazem milagres.

    Bjo e bom domingo.

    Olinda






    ResponderEliminar
  2. Parabéns a António Costa, também pelo discurso em 5/10/2012.

    Um resto de bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho os parabéns, acho que tem sido um bom presidente da câmara de Lisboa.
      Bjs

      Eliminar
  3. Que boa onda que, malgré tout, Lisboa está a proporcionar a quem lá vive ou pode lá chegar depressa!
    Desta vez estive ausente também por motivos musicais!

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. A maioria das minhas visitas a Lisboa têm sido a meio da semana e não apanho esses programas. Ando há imenso tempo para conhecer a Casa da Achada mas sempre que aí vou está fechada.
    :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Casa da Achada também fica na Mouraria, não é? Mas aí nunca fui.

      Eliminar
  5. Pelo menos participei num dos bocadinhos e foi muito bom andar pela Mouraria. Pena estar tão longe.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estás assim tão longe, hoje é tudo perto!
      Bjs

      Eliminar
  6. Soube da comemoração do dia da Música no sábado, até a divulguei no blogue, mas já tinha outros programas agendados e nenhum deles a que pudesse voltar as costas... Mesmo não podendo assistir, considero que foi uma excelente ideia, a cidade e os seus habitantes agradecem! :)

    Beijocas!

    ps - e também gostei do discurso de António Costa, que vi em diferido! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A comemoração do dia da Música é sempre no primeiro sábado de outubro de cada ano. Descobri estes programas de Música nas Praças em 2009, e acho que tem vindo sempre a ser mais interessante.
      Bjs

      Eliminar
  7. Dizem que sorrir e dançar são as maneiras mais eficazes de combater a crise e prevenir a depressão...

    Pode ser Teresa, mas olha que me está a parecer que esta crise não vai lá com música!

    Mas acho bem teres postado este tema.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JP
      Tens razão, sorrir não resolve a crise, mas tenho a certeza que previne a depressão!
      Bjs

      Eliminar
  8. Lisboa não só está linda, como tem tido uma soberba oferta cultural.
    Espero que assim continue, porque sempre ajuda a distrair

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo a 100%! Não há cidade mais linda! :)

      Eliminar