quinta-feira, 2 de agosto de 2012

A arte feliz


(Éguas de Manada - Dordio Gomes)

Poucos acontecimentos houve, tão traumáticos para a civilização europeia, como a 1.ª Guerra Mundial. Pela primeira vez, as pessoas confrontavam-se com uma guerra total, em que os homens eram enviados para a carnificina com a impecável e fria organização logística da era industrial.
Já sabemos que a arte reflete e reage à vida. A Estética da Art Déco, que se desenvolve nessa época, é precisamente uma estética de harmonia e felicidade que se integra no movimento modernista e vai evoluindo até à estética classizante dos anos 30 e 40, que tendemos a associar aos regimes autoritários europeus. Em boa hora o Museu do Chiado decidiu organizar uma exposição sobre o Art Déco Português. Não apenas a pintura, mas também o desenho publicitário, a escultura, a cerâmica. Esta exposição mostra mais de cem trabalhos de autores que vão de Almada Negreiros a Abel Manta, de Dordio Gomes a Eduardo Viana, de Canto da Maya a Leopoldo de Almeida. Mais do que uma exposição, é um belo e fascinante percurso pela arte portuguesa da primeira metade do século XX.

(Adão e Eva - Canto da Maya)

Estranhamente, só por lá encontrei estrangeiros. Será que os portugueses não se interessam muito pela sua cultura ou andam distraídos? Eu acho que é a segunda hipótese!
Em qualquer caso, é uma boa sugestão para uma tarde de verão. Depois, pode-se descansar um pouco no Jardim das Estátuas, ainda dentro do próprio museu. É agradável tomar uma bebida na esplanada, na companhia do Desterrado, de Soares dos Reis. Mas, se for mais atraente mergulhar no bulício citadino, nada melhor do que ir ali à "Brasileira", bem pertinho, no Chiado. Não há melhor exemplo de Art Déco, em plena baixa lisboeta.

(O Desterrado - Soares dos Reis)

(Todas as fotografias foram tiradas por Teresa Diniz no Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado)

15 comentários:

  1. Não me parece que seja distracção, Teresa. É mesmo desinteresse.

    ResponderEliminar
  2. Um passeio ao Museu é sempre um passeio interessante Teresa.
    Gosto de acompanhá-la ,de longe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu gosto de saber que estás por aí...
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Bom, entre desinteresse e férias e distração, alguma coisa deve ser! Mas não tenhas muitas ilusões sobre os interesses da malta... ;)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é pena Teresa. A exposição é muito boa e o espaço é mesmo agradável.
      Bjs

      Eliminar
  4. Tenho ideia de já ter visto o Adão e a Eva... terá sido no Paraíso?
    :)

    http://tintacompinta.blogspot.pt/2011/09/museu-nacional-de-arte-contemporanea.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, ok, já por lá andaste! O Paraíso é onde um homem quiser! :)

      Eliminar
  5. Gosto muito deste Museu!
    Quero ver se não perco a exposição!
    Logo que largue o papel de avó a tempo inteiro e depois de ir até à província por uns dias vou voltar para cirandar por Lisboa!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ainda vens muito a tempo! Agora aproveita para ser avó!
      Bjs

      Eliminar
  6. Falta de memória e de dignidade, Teresa, não distracção!

    Eu, anteontem, chorei de emoção face à homenagem evocativa que Varsóvia realizou em honra da revolta iniciada às 17H de 1 de Agosto de 1944 na tentativa de libertar a cidade do invasor alemão...e que acabou em enorme tragédia e na destruição de 85% por cento da cidade.

    Fica bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E, sem querer, deste-me a resposta à questão posta no teu blog: estavas em Varsóvia. Não conheço ainda, mas um dia lá irei!
      Bjs

      Eliminar
  7. ...traigo
    ecos
    de
    la
    tarde
    callada
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    TERESA

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE BAILANDO CON LOBOS, THE ARTIST, TITANIC SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA,JEAN EYRE , TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

    José
    Ramón...

    ResponderEliminar
  8. Gosto de ler sobre os museus e as exposições... embora normalmente não me seja possível visitar todos aqueles sobre que leio... =) gostei das tuas fotos e do pormenor de contextualizares a art déco em relação à Grande Guerra...Obrigada pela dica!

    ResponderEliminar