quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

O Museu Interactivo do Megalitismo



E já que falamos de museus, vai também abrir ao público um novo museu no Alentejo, mais precisamente no concelho de Mora. Está já em construção junto à antiga estação dos Caminhos de Ferro, que vai também ser requalificada e integrada no complexo museológico.
O tema é o Megalitismo, o que achei muito interessante. Se há sítio apropriado para criar um museu sobre o megalitismo, é o Alentejo. É uma região rica em vestígios dessa cultura megalítica que, numa época já remota, entre 6.000 e 2.000 anos antes de Cristo, se desenvolveu no oeste da Europa, num arco atlântico que vai do nosso país até à Inglaterra. No Alentejo, encontramos inúmeras antas, algumas em excelente estado de conservação. Encontramos menires. E encontramos até um monumento extraordinário, o cromeleque dos Almendres, que eu considero ser o património edificado mais antigo da Europa e sobre o qual já escrevi aqui.
Fazia falta um museu, ou um espaço de interpretação e divulgação de todo esse património extraordinário. Em boa hora o concelho de Mora decidiu criar esse espaço. Segundo o jornal Sulinformação, o museu será baseado na interactividade, apresentando o património da região de formas variadas, que incluirão até hologramas. Parece-me uma boa aposta, que pode atrair tanto miúdos como graúdos.
A inauguração do novo museu está prevista para abril ou maio. Um bom pretexto para um passeio pelo Alentejo, tão bonito nessa época do ano!





2 comentários:

  1. Obrigada, Teresa. Muito interessante essa informação. Também gostei muito do post sobre o Cromeleque dos Almendres.
    Bj
    Olinda

    ResponderEliminar