domingo, 5 de abril de 2009

Para um Papagaio Daltónico

Não pedi ao meu amigo Rafa que me deixasse publicar isto mas acho que ele não se vai zangar comigo! Se, em vinte anos de amizade ainda não nos zangámos, não vai ser agora de certeza! É só porque... está verdadeiramente giro. Rafa, continua!

Basta, pum, basta!!!
Uma geração que consente deixar-se representar por Blogs é uma geração que nunca o foi.
É um coio d'indigentes, d'indignos e de cegos! É uma resma de charlatães e de vendidos, e só pode parir abaixo de zero!
Abaixo a geração!
Morram os Blogs, morram! Pim!
Os Blogs são habilidosos!
Os Blogs vestem-se mal!
Os Blogs usam ceroulas de malha!
Os Blogs são Blogs!
Morram os Blogs, morram! Pim!
PS: A não ser que se chamem O Papagaio Daltónico!
(com a devida vénia ao Mestre Almada!)
Rafa

3 comentários:

  1. Como dzia o outro a respeito das bruxas," Não acredito em coincidências ...mas que as há,há."
    Passa pelo Historiar N e ssberás do que falo.
    Nelson

    ResponderEliminar
  2. Agora ficava bonito eu dizer que sabia da data de nascimento do mestre Almada, mas não é verdade! Calhou bem, não foi?

    ResponderEliminar