segunda-feira, 23 de abril de 2012

Dia dos Livros

 A educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o mundo.
(Nelson Mandela)

No dia 23 de abril de 1564,  nasceu William Shakespeare. A 23 de Abril de 1616, faleceram Shakespeare e Cervantes. E, sabe-se lá porquê, outros escritores escolheram esta data para nascer ou para morrer, como Garcilaso de Vega, Maurice Druon ou Vladimir Nabokov. Por isso, a UNESCO escolheu esta data para Dia Mundial do Livro. É um bom pretexto para homenagear os que escrevem e motivar os que lêem.
Toda a minha vida vivi rodeada de livros, amigos ou refúgios de todas as horas. Moldaram muito do que penso e sou. Aproveitando a data, deixo uma sugestão: oferecer um livro! Há-os para todos os gostos e de todos os preços. E depois, aproveitar aquela hora sossegada, do deitar, ou do descanso após o almoço, e ler com as crianças. É na infância que se cria o gosto pelas letras. É a época dos sonhos, e os livros ajudam-nos a sonhar. Mas também nos ajudam a compreender o mundo e a estruturar o pensamento e a expressão. Ler é sempre enriquecer um pouco. Partilhar a leitura é enriquecer ainda mais.


(Cartaz elaborado no Egipto para comemorar o Dia Mundial do Livro Infantil, em 2009)

9 comentários:

  1. Olha, eu ultimamente tenho oferecido imensos livros, mas a mim próprio; assim sei que agradam a quem os recebe e que são lidos...
    Curioso saber que este dia 23 de Abril tem tantas conotações literárias; desconhecia.

    ResponderEliminar
  2. É verdade que é na infância que se incentiva o gosto pelo leitura, o problema é que as crianças hoje em dia têm muito mais estímulos, desde televisão durante todo o dia até jogos de consola ou computador, e perdem um bocado a motivação de ler. E falo por quase todas as que conheço, que rondam já os 15/25 anos, apesar de terem sido motivadas a ler desde pequenas... ;)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nessa idade, as distrações são muitas mas, se a semente lá tiver sido plantada, irá florescer, mais cedo ou mais tarde. E a capacidade de expressão que ajudou a criar, essa não se perde. É a minha convicção.
      Bjs

      Eliminar
  3. Continuo a gostar tanto de ler o que escreves...
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, comadre, tu és suspeita!
      E o texto poético em inglês? Tão giro, não é?
      Bjs

      Eliminar
    2. Lindíssimo, mais a mais com a versão em árabe(?)
      Bjs

      Eliminar
  4. Hoje não comprei, fisicamente, nenhum livro. E digo fisicamente porque apesar de o não ter comprado, encomendei-o. :)

    ResponderEliminar
  5. Quem lê nunca está só!
    Belo post sobre o Dia Mundial do Livro!

    Abraço

    ResponderEliminar